Dia 21 (segunda-feira): Deus chama-te à santidade. Se tu te «resignas» ao purgatório, já traíste o seu amor. (Francisco Xavier Nguyen Van Thuan, O Caminho da Esperança, edição Paulinas, pág. 146, nº 681)

Dia 22 (terça-feira): O Santo Rosário é arma poderosa. Emprega-a com confiança e maravilhar-te-ás do resultado. (S.J.E., Caminho, Edições Prumo, pág. 240, nº 558)

Dia 23 (quarta-feira): Precisamos de nos resguardarmos da ansiedade e das inquietações. Isso impede-nos de progredir no caminho da perfeição. (S. Pio Pietrelcina; O Grande Amor de Deus – 365 dias com Padre Pio, edição Paulus, pág. 107, nº 7)

Dia 24 (quinta-feira): O fundo de uma agulha é bastante espaçoso para dois enamorados; mas o mundo todo é pequeno para dois inimigos. (Solomon Ibn Gabirol)

Dia 25 (sexta-feira): Quanto mais necessidade de conforto você tiver, para se sentir feliz, mais aumentarão suas probabilidades de se sentir infeliz. (Michel Quoist)

Dia 26 (sábado): Tem confiança com o teu Anjo da Guarda. Trata-o como amigo íntimo – é-o efetivamente – e ele saberá prestar-te mil e um serviços nos assuntos correntes de cada dia. (S.J.E., Caminho, Edições Prumo, pág. 241, nº 562)

Dia 27 (domingo): A Vida eterna continua a ser, ainda hoje, a calculadora mais moderna. Usa-a para tomares a decisão mais importante da tua vida: uma eternidade de amor no Céu, ou uma eternidade de ódio no Inferno? (Francisco Xavier Nguyen Van Thuan, O Caminho da Esperança, edição Paulinas, pág. 146, nº 684)